22 de dezembro de 2008

Seja doce meu filho.

O título se refere a uma frase que eu sempre ouvia de minha mãe:
"Seja doce meu filho."
Referindo-se ao meu gênio explosivo que me levava a tratar mal certas pessoas em situações extremas.
Estou aqui para agradecer em nome da família Engenho Novo a todas as pessoas que foram ao show pra nos ver, nos conhecer, nos apoiar.
A todo o carinho que recebemos enquanto esperávamos a hora de tocar.
Todos que ali mesmo na grade nos deram abraços fortes e sorrisos gigantes.
Eu mesmo, fiz questão de ir lá, a este mesmo público que ainda esperava por nós quase às três da manhã para dizer que o show havia sido cancelado.
Entre tantos motivos negros, que gostaria de priva-los, devemos revelar os principais que nos levaram a tomar essa decisão.
A "produção" do evento simplesmente não tomou o cuidado de se estruturar para receber duas bandas (quanto mais três como anunciavam).
Não havia camarins para todos e a bateria base não estava no espaço cultural como deveria.
Com um sorrizinho amarelo ainda nos perguntaram se não dava pra tocar "assim mesmo".
Nós suportamos todo tipo de falta de respeito ao nosso projeto, mas não poderíamos permitir que essa falta de respeito se estendesse ao nosso público, aos nossos amigos.
Por isso o cancelamento.
Alex me disse "Di seja educado, não trate ela mal."
Lembrei nessa hora das palavras de mainha "Seja doce meu filho!"
O mais doce que pude e posso ser é ignorar essa passagem grotesca.
Porém quero deixar duas frases que também aprendi por aí no ar:
" De desculpas o inferno está cheio"
e...
"Desejemos sorte para quem não tem competencia."
Aprendizado para todos nós, obrigado mais uma vez pelo carinho de sempre.
2009 já aponta no horizonte com convites muito interessantes e 2008 ainda não terminou ;)

7 comentários:

Bauducco disse...

Nesse meio informal que é a vida de músico, tapa na cara também faz parte. Vocês vão precisar ter jogo de cintura para enfrentar esse tipo de situação daqui pra frente. O que aconteceu foi uma infeliz surpresa até pra quem se preparava para o pior.
Em Palmas temos produtores e "produtores", vocês já sabem de que lado vão ficar?

thiagocdz disse...

A questao é: Pagar por um show nacional ou internacional, com ajuda de projetos e investidores que patrocinam é facil...

Organizar um show assim é que exige competencia...

E mais uma vez, dentre tantas outras, ela foi ridicula e incompetente!

Fica o meu lamento por ver pessoas assim, que nao respeitam pessoas e projetos oriundos do Estado...

E fica a minha força e apoio ao Engenho Novo, que com certeza nao depende de pessoas assim para alcançar os objetivos...

Eu como consumidor, me senti lesado e vou em busca dos meus direitos contra quem faz sacanagens deste tipo...

Marian disse...

Di, o Bauduco esta certissimo. Esse meio é assim, e é agora o momento de vcs aprenderem a lidar.
A vida traz muita luz pra vcs e o sucesso nao esta no fim do túnel, esta sim mais proximo do que vc imagina, vc nasceu brilhando, pq a tua alma é mais forte que tudo e o Engenho Novo tem muito ainda o que viver, esse foi apenas um momento.
Portanto meu amigo; "levanda, sacode a poera e dê a volta por cima".
Sucesso sempre!
Força SEMPRE!
Bjo gande a todos
e lembrando que estarei aqui para todas as outras apresentaçoes que venham ou nao a dar certo!

Rafa Benevides disse...

Nossa eh uma pena o que aconteceu, esperava eu passar aqui e cumprimenta los pela apresentacao, mesmo nao estando presente sei q vcs iriam fazer o melhor show de vcs...pq quem ama o que faz,faz bem feito.... eh uma lastima, mas acredito que oportunidades nao irao faltar. Admiro muito o projeto de vcs,e sei que essa estrada vai longe...talento nato indiscutivel.!

Felipe disse...

Bom eu não sei nem o q dizer... mas tipo eu queria ter ido principalmente pra vê-los!... Tive q fikar trabalhandu... na certeza de ter outra oportunidade!...
Bom como eu não sei muito o q dizer... faço minhas as palavras da Marian e do Baudduco! Abraço a todos!

Danonin disse...

Di meu anjo...nao podemos parar por causa das dificuldades. O tempo não nos espera.

Arrasa lá querido.

Bjao

Ícaro disse...

que paia....